WAF e IPS: qual é a diferença entre eles?

em Tendências.

A segurança digital é uma preocupação atual de toda empresa que possui uma infraestrutura de TI integrada aos seus processos mais importantes de negócio. Hoje, sistemas web, aplicações de computação na nuvem, procedimentos de backup e análise de dados são utilizados em várias operações para criar um ambiente operacional eficaz e dinâmico. E, nesse cenário, é crucial que gestores consigam investir nas soluções de proteção ideais ao seu perfil corporativo.

Há várias ferramentas que podem ser utilizadas com esse objetivo. WAF e IPS, por exemplo, resguardam as conexões de ataques e tornam as comunicações mais seguras. No post de hoje, você vai conhecer as diferenças entre eles e entender suas aplicações. Acompanhe!

O que é um Web Application Firewall?

Web Application Firewall é um tipo de firewall voltado à análise de tráfego em aplicações e páginas web. Também conhecido pela sigla WAF, é projetado para eliminar ataques de forma dinâmica, em tempo real, a partir da detecção de requisições e de pacotes que apresentam indícios de anomalia, ou do rastreamento de contas com comportamento suspeito.

O WAF avalia a conduta de todos os usuários de um serviço em busca de possíveis indícios de ciberataques. A lógica de cada requisição e a forma como o IP reagiu são alguns dos fatores levados em conta pela ferramenta para identificação de ameaças.

Técnicas de injeção de SQL, cross-site scripting, alteração de URL, uso de robôs, execução de scripts, estouro de buffer, roubo de informação de usuários e sequestro de sessão são algumas das mais comuns. Há casos em que ela identifica e impede ataques de negação de serviço, que diminuem a capacidade de acesso a uma página ou serviço web.

Em geral, o WAF pode ser implementado de várias formas: como um plugin, integrado ao código da página ou aplicativo web; na nuvem, em que os recursos ficam em servidores remotos; ou fisicamente, conectado ao servidor de hospedagem. Em todos os casos, ele vai funcionar de acordo com um proxy, logicamente posicionado “à frente” das aplicações do negócio.

A escolha do método de instalação deve levar em conta uma série de fatores, dependendo do tipo da organização. Por exemplo, se estiver próximo ao servidor, usufrui de uma latência menor. Por outro lado, WAFs conectados à nuvem são mais escaláveis e têm um custo de manutenção reduzido.

O que é um Intrusion Prevention System?

Sistema de Prevenção de Intrusão (também chamado de Intrusion Prevention System ou conhecido pela sigla IPS) é uma ferramenta desenvolvida para identificar pacotes de dados que têm código malicioso em sua estrutura interna. Ele atua analisando todo o tráfego que entra e sai de uma rede ou aplicação web, verificando a assinatura e outros fatores que possam indicar anomalias relacionadas a ataques digitais.

O Intrusion Prevention System funciona de forma semelhante ao Intrusion Detection System (Sistema de Detecção de Invasões ou apenas IDS). Porém, o IPS vai além da capacidade de registrar e alertar o gestor de TI sobre possíveis tentativas de ataque. Ele também é preparado para atuar de maneira estratégica, mitigando automaticamente ataques em tempo real.

WAF e IPS: qual é o melhor?

Colocados lado a lado, o Web Application Firewall e o Intrusion Prevention System têm grandes diferenças. Eles lidam com dados de forma distinta e, além disso, as suas funcionalidades podem limitar o uso em alguns ambientes.

O IPS é desenvolvido para bloquear determinados tipos de pacotes de dados a partir da análise do tráfego. Avaliando todos os volumes enviados e recebidos, esse mecanismo é capaz de impedir o acesso daqueles com potenciais indícios de fraudes ou tentativas de roubo de informações.

Em contrapartida, o Intrusion Prevention System pode apresentar dificuldades para lidar com protocolos de comunicação utilizados por aplicações web. A forma como ele foi concebido reduz a capacidade desse tipo de ferramenta de proteção de lidar com requisições mal-formuladas, o que tem como principal consequência o aumento do número de falsos positivos em alguns cenários. Além disso, há a chance de determinadas modalidades de ataques não serem detectadas, especialmente as mais recentes e com tecnologias modernas.

Em outras palavras, o recurso pode não ser adequado para cobrir todos os tipos de ameaças existentes. Isso prejudica a capacidade da empresa de se proteger em um ambiente contemporâneo, comprometendo a segurança e a privacidade dos usuários de seus serviços.

O Web Application Firewall, por outro lado, não só detecta ataques conhecidos, mas também é capaz de aprender com os hábitos dos usuários ao conseguir rastrear ameaças novas ou técnicas de invasão desconhecidas. Isso é um fator crucial para negócios que têm serviços web profundamente integrados ao seu dia a dia: a empresa garantirá que todos os seus aplicativos e ferramentas da internet estejam protegidos contra diferentes intimidações.

Ao analisar todo o tráfego em busca de possíveis anomalias, o WAF amplia continuamente a sua capacidade de reduzir riscos no ambiente de TI. Dessa forma, o dispositivo emite um alertas sobre prováveis ataques ou contas comprometidas e ainda é programado para tomar ações de maneira automatizada. Se uma aplicação estiver enviando mais dados do que o comum a um único destinatário, por exemplo, o Web Application Firewall entrará em funcionamento, bloqueando as requisições ou a conta do usuário automaticamente.

Em outras palavras, ele é capaz de proteger o negócio de um número maior de ameaças. Permite, também, aprender continuamente como os usuários se comportam e, a partir disso, define as melhores maneiras de impedir que ataques ocorram maquinalmente.

Com tudo isso, fica claro que WAF e IPS conseguem ser integrados na criação de uma estratégia de segurança digital. Dessa forma, a empresa terá múltiplas camadas de proteção, ampliando a quantidade de recursos que podem ser utilizados para eliminar vulnerabilidades e ameaças. Isso dará ao negócio a capacidade de identificar problemas com maior abrangência, reduzindo fraquezas e bloqueando ataques em tempo real.

Quer saber mais sobre as soluções da Locaweb Corp? Acesse nosso site!.