Veja 5 tecnologias que vão te ajudar na redução de custos!

em Tendências.

O ano acabou de começar, e um dos principais objetivos das empresas durante 2019 será a redução de custos. No papel do gestor, várias são as responsabilidades, inclusive a de encontrar alternativas para otimizar a alocação de recursos e diminuir os gastos. É aí que a tecnologia oferece um benefício significativo.

Por meio da automação e da informatização de processos, a empresa conquista vantagem competitiva e aumenta o retorno sobre o investimento. Isso porque a aposta em sistemas adequados às demandas internas diminuem o tempo de produção, eliminam os desperdícios e, por consequência, reduzem os custos operacionais.

Outros benefícios conquistados com as tecnologias são:

  • melhoria da organização;
  • controle dos dados;
  • aumento da integração;
  • mobilidade corporativa;
  • crescimento da eficiência na gestão dos recursos;
  • elevação da produtividade;
  • acompanhamento de indicadores de desempenho.

A questão é: como obter essas vantagens? A resposta passa por escolher as tecnologias certas. Por isso, vamos listar as 5 principais a seguir. Acompanhe!

  1. Computação em nuvem

cloud computing já deixou de ser uma tendência tecnológica para se tornar uma realidade — e a principal justificativa é o custo-benefício. Afinal, a nuvem oferece muitas vantagens a um custo significativamente acessível.

Na prática, o que acontece é a integração dos processos operacionais aos servidores na nuvem. Essa característica assegura mobilidade aos colaboradores, que conseguem acessar os arquivos da empresa a partir de qualquer dispositivo com acesso à internet. Da mesma forma, é fácil obter backups seguros e armazenamento de dados ilimitado.

Outro benefício oferecido por essa tecnologia é a possibilidade de utilizar softwares e sistemas operacionais sem a necessidade de instalação. Por isso, a redução de custos é derivada de vários aspectos:

  • eliminação da necessidade de hardwares e licenças de soluções;
  • agilidade dos processos;
  • aumento da produtividade;
  • garantia da integridade de software e arquivos importantes.

Perceba que a migração da infraestrutura de TI (ou parte dela) para a nuvem também diminui os custos de manutenção, suporte e atualização. Sua empresa também tem acesso a servidores consistentes a um preço mais acessível, além de garantir a possibilidade de escalabilidade para o seu negócio sempre que necessário.

Aqui está incluída a hospedagem em nuvem, que conta com recursos de memória, transferência dimensionável e processamento de acordo com as necessidades do cliente. Com isso, você também assegura backup diário e outras funcionalidades que aumentam a segurança da nuvem.

  1. Data centers

Os Centros de Processamento de Dados são ambientes que reúnem servidores e outros componentes, como ativos de rede (a exemplo de roteadores e switches) e armazenamento de informações. Sua principal função é assegurar a disponibilidade dos equipamentos e sistemas relevantes para o negócio.

Por isso, investir em um bom data center contribui para alcançar dois benefícios:

  • organização, reunião e consolidação dos dados para aumentar o controle, a consulta e o acompanhamento de procedimentos realizados no ambiente interno;
  • implementação de sistemas que ajudam a monitorar as áreas para identificar problemas e desperdícios a fim de tomar decisões acertadas.

Ao apostar nessa tecnologia, você reduz gastos com retrabalhos, correção de falhas e prejuízos derivados de mau gerenciamento dos processos e fluxos organizacionais. O controle também permite saber quanto é aplicado em cada setor para fazer um planejamento melhor e descobrir gargalos.

  1. Big Data

O foco dessa tecnologia é analisar um grande volume de dados, estruturados ou não, em pouco tempo. Isso porque o Big Data oferece alta capacidade de processamento. A partir disso, é possível obter insights valiosos que ajudam a inovar em produtos e serviços e aumentar a lucratividade.

A análise de dados permitida pelo Big Data também é essencial para tomar decisões objetivas e ganhar vantagem competitiva. O resultado é a criação de estratégias diferenciadas, que previnem erros e consolidam as ações que trazem resultados positivos.

Ao adotar essa postura, a empresa otimiza os resultados obtidos e utiliza os recursos de maneira inteligente. As atividades de marketing são aperfeiçoadas, porque a aquisição de clientes é mais barata e é possível identificar o perfil dos consumidores. Com as informações, são desenvolvidas campanhas a custos menores e com maior potencial de retorno.

  1. Business Intelligence

O BI é uma tecnologia que subsidia o processo decisório ao fornecer informações estratégicas e fundamentais para o desenvolvimento da empresa. Isso porque coleta, organiza, analisa, compartilha e monitorar os volumes de dados a partir de processos e metodologias específicas.

Porém, ele também contribui para a redução de custos. Como? A resposta está na integração de ferramentas de gestão e acesso a dados que ajudam a ter uma visão holística.

Perceba que o Business Intelligence reúne dados de diferentes fontes e simplifica a análise integrada das informações. Com isso, são identificadas falhas que podem ser rapidamente corrigidas.

Da mesma maneira, são identificados padrões de comportamentos e hábitos dos consumidores, que ajudam a definir qual caminho a empresa deve seguir para melhorar sua reputação no mercado e melhorar a performance de um produto ou serviço.

  1. Inteligência artificial

 

AI tem como um de seus principais benefícios fazer com que máquinas e softwares aprendam e operem sem supervisão humana. Com equipes enxutas, há menos gastos. Além disso, a eficiência é aprimorada, o que impacta a entrega de prazos.

Um exemplo de ferramenta da AI são os assistentes pessoais virtuais, como a Cortana, a Siri ou o Google Assistente. No entanto, a tecnologia ainda vai além. É o caso dos robôs industriais, que nem sempre precisam ser programados, já que são passíveis de operação por um colaborador.

A diminuição dos custos também se refere à solução rápida de problemas comuns e ao aumento da produtividade sem perder a qualidade. Assim, os processos são otimizados e o capital humano é direcionado para atividades estratégicas.

Como exemplo, é possível citar os bancos, que conseguem analisar milhares de algoritmos em pouco tempo. O resultado é o oferecimento de taxas menores com a mesma segurança e qualidade do atendimento.

Em suma, essas 5 tecnologias garantem a redução de custos devido a diversos aspectos. De modo geral, o foco é a eficiência e o aumento da produtividade. Mas é claro que há muito mais a considerar, como mostramos neste post.

E você, o que achou de conhecer essas tecnologias? Quer saber mais sobre como sua empresa pode otimizar as rotinas operacionais? Então, assine nossa newsletter e receba os conteúdos no seu e-mail!