A TI estratégica como diferencial para o negócio

em Tendências.

A evolução tecnológica dos últimos anos trouxe uma verdadeira transformação para o universo corporativo: as Tecnologias da Informação e da Comunicação, que antes eram vistas como suporte para a atividade empresarial, passaram a ser essenciais para o bom desempenho organizacional, tornando a TI estratégica para qualquer empreendimento.

Segundo a EMC Brasil, 76% dos executivos de TI acreditam que o investimento em tecnologia é um meio estratégico para atingir metas de negócios, informação que é corroborada pelo Dell State of IT Trends 2016, cujos dados veremos ao longo deste post.

Por que a TI se tornou estratégica para as empresas

Pare por dois minutos e olhe à sua volta. Qual a quantidade de recursos tecnológicos utilizados na sua empresa? Vá além dos equipamentos, como notebooks, desktops, impressoras, scanners e maquinários. Vislumbre quantos sistemas de gestão da informação estão ligados ao seu cotidiano de trabalho. Quantas plataformas você acessa diariamente?

Todas essas ferramentas de trabalho foram desenvolvidas por alguém cujo objetivo era facilitar a vida de milhares de pessoas. Para tanto, esse inventor precisou desenvolver uma tecnologia que fosse útil e agregasse valor para o público-alvo.

E todos nós compramos essas ideias todos os dias, somando tecnologias que podem otimizar o tempo, melhorar a produtividade, auxiliar na organização e, claro, aumentar os resultados.

Conforme o relatório da Dell, os principais objetivos das empresas ao investir em novas tecnologias são:

  • aumento da produtividade (81%);
  • crescimento do negócio (71%).

Para alcançar esses objetivos, os CIOs acreditam que a medida mais urgente é adotar o cloud computing, isto é, virtualizar processos e informações para melhorar a distribuição, segurança e mobilidade. Isso sem falar na redução de custos, é claro.

Com os processos organizacionais sendo rodados na nuvem, os servidores locais são dispensados, assim como a infraestrutura necessária para mantê-los. A empresa pode se tornar mais colaborativa, incentivando a interação via internet e formando equipes dispersas geograficamente, mas completamente conectadas.

A possibilidade de escalar soluções na nuvem é outro atrativo que torna a TI estratégica: você só usa os recursos de que realmente necessita, quando necessita, melhorando o retorno sobre o investimento mesmo em tempos de baixa nas vendas e crises econômicas.

Uma gestão ágil e flexível, que permita a análise de dados na mesma velocidade com que eles são gerados, também contribui para que a Tecnologia da Informação seja, atualmente, uma das áreas fundamentais para qualquer empreendimento. Tendo em conta o aumento crescente do uso do Big Data por empresas de todos os tamanhos e segmentos, essa é uma tendência que chegou para ficar.

58% das empresas entrevistadas pela ECM afirmaram que o Big Data será o divisor de águas entre vencedores e perdedores no mercado, sendo que 79% delas acreditam que o bom uso do Big Data leva a decisões mais consistentes.

Nesse mesmo viés, podemos citar a integração de sistemas de informação como um grande diferencial competitivo, já que a capacidade de análise de cenários e tendências de mercado se torna mais precisa e segura. Tudo isso com o auxílio da tecnologia da informação.

Como implementar uma TI estratégica

Após tantos relatos positivos sobre a importância da tecnologia da informação para os negócios, é natural que você queira saber como tornar a TI estratégica na sua empresa. Comece por uma mudança de pensamento, de postura mesmo, frente ao setor que pode transformar por completo a sua atividade empresarial.

Alinhe estratégia e tecnologia

O primeiro passo é entender que a TI é um grande parceiro de negócio, capaz de facilitar — e muito — tanto seus processos quanto suas decisões. Ao definir o seu planejamento estratégico, defina objetivos atrelados à implementação, uso e renovação de tecnologias na empresa.

Para cada objetivo de negócio, determine como a tecnologia da informação pode contribuir para gerar melhores resultados. Por exemplo: se a empresa precisa aumentar a sua participação de mercado em 10% nos próximos 6 meses, significa que precisa vender mais. Para vender mais, são necessárias várias medidas, como otimização do processo de vendas, redução dos custos de atração e conversão de clientes, aumento do valor percebido pelo seu público-alvo, entre outros.

Para todas essas medidas, existem vários recursos tecnológicos que podem ser empregados, como adoção de sistemas de automação de marketing, CRM, gestão de contratos, atendimento ao cliente em vários canais de relacionamento, entre outros.

Entendendo como a tecnologia pode expandir suas possibilidades, ficará bem mais fácil alinhar estratégia e execução.

Crie uma cultura de valor em torno da tecnologia da informação

Quantas empresas possuem equipes altamente qualificadas que ficam presas a tarefas simples, como formatação de computadores, consertos corriqueiros e atendimentos que poderiam ser feitos por um técnico?

Para que a TI seja estratégica, você precisa valorizar os profissionais que estão na sua empresa, não apenas com salários, mas com desafios reais, que envolvam projetos de melhoria contínua e aumento da competitividade.

Ter um setor de TI que trabalhe com pesquisa e desenvolvimento pode acelerar seus resultados e colocar sua empresa na dianteira do mercado; portanto, não economize na hora de oferecer um ambiente de trabalho realmente motivador.

Outro ponto a ser trabalhado é a conscientização de toda a organização sobre a importância da tecnologia para o crescimento da empresa, para que os funcionários utilizem as soluções plenamente, estejam engajados em oferecer ideias para melhorias internas e compreendam que o CIO não pode receber chamados para consertos a todo momento. Existe um profissional qualificado para tais serviços.

Esteja atento às inovações

Quem sai na frente na implementação de inovações sempre tem vantagem sobre os concorrentes. Obviamente, você deve estar focado nas novidades que podem servir à sua empresa como propulsoras de negócios.

Como vimos anteriormente, a adoção do cloud computing, o uso do Big Data, a digitalização de documentos, a comunicação online e em rede são algumas das tendências que você pode aproveitar agora mesmo para ampliar os horizontes da sua organização e ganhar notoriedade no mercado.

Tornar a TI estratégica é um grande desafio, especialmente porque nos deparamos com inovações tecnológicas a todo instante. Mas fique tranquilo: pensamos sempre no melhor para você e separamos este outro conteúdo que vai ajudá-lo a obter melhores resultados: Gestão de TI, o que você precisa saber para otimizá-la.

Quer saber mais sobre as soluções da Locaweb Corp? Acesse nosso site!