Passo a passo para fazer backup em nuvem sem risco nenhum

em Tendências.

As informações virtuais de uma empresa (muitas delas confidenciais) são um importante ativo para uma companhia. Para garantir a segurança da base de dados, é crescente o investimento no backup em nuvem — evitando perdas e prejuízos.

A simplicidade da solução ajuda a garantir que cópias completas das informações estejam armazenadas em um lugar seguro e que possam ser acessadas de maneira simples, caso ocorra um problema nos sistemas ou uma ruptura nos hardwares.

Tomar certos cuidados, no entanto, ajuda a garantir que os dados estarão de fato protegidos. Vamos explicar neste post como proceder para realizar um eficiente backup em nuvem e o que fazer para que a segurança das informações digitais vire uma rotina na sua empresa.

Backup em nuvem: por que é tão importante?

Pesquisa realizada pela InfoWorld indica que 42% dos gestores de tecnologia da informação (TI) acreditam na eficiência da segurança de dados armazenados na nuvem — como parte do cloud computing.

e acordo com a mesma pesquisa, a questão da confiança é determinante para tal (78%), enquanto a maioria entende que o armazenamento de informações na nuvem é de fato seguro (57%).

Escritórios abarrotados de papéis, pilhas de relatórios, assim como um volume gigantesco de arquivos físicos deram lugar a documentos 100% digitalizados e informações armazenadas em computadores, ao alcance de um clique.

Para o profissional, a facilidade de gerenciar ou buscar informações de maneira digital melhora a rotina, aumenta a produtividade e otimiza o dia a dia de trabalho. No entanto, existem riscos inerentes à completa digitalização que precisam ser observados.

Garantir que todo o histórico de uma empresa esteja guardado em segurança traz uma maior tranquilidade para o profissional. Levar os dados armazenados em dispositivos e servidores físicos para o armazenamento na nuvem aumenta a certeza de que as informações de uma companhia poderão ser acessadas caso necessário.

segurança digital é, cada vez mais, parte das prioridades de um negócio. Por isso é crescente a procura pelo backup em nuvem. Confira algumas vantagens:

  • escalável, por ser flexível e poder acompanhar o crescimento da empresa;
  • alta capacidade, sem a necessidade de estruturas físicas;
  • disponibilidade, pode ser acessado em qualquer lugar e por qualquer dispositivo;
  • centralizado, com dados e informações armazenados em um único lugar;
  • facilidade de controle e o gerenciamento;
  • redução de custos, com o fim da necessidade de grandes estruturas físicas;
  • segurança, sem riscos de perdas de informações importantes.

Agora que você já sabe como o backup em nuvem é importante, entenda como colocar em prática a solução. Aprenda a criar um plano de contingência para proteger e, se necessário, restaurar informações perdidas.

Evitando riscos: é preciso criar um plano de contingência?

Dados do Relatório Global de Fraude & Risco revelam que uma a cada quatro empresas já sofreu violações de sistemas, que desencadearam na perda dessas informações. Mais do que isso, o prejuízo médio para companhias afetadas por incidentes de perda de dados, de acordo com o estudo EMC Global Data Protection Index, é de US$ 914 mil.

Para aquelas que foram afetadas por inatividade não planejada nos sistemas, o rombo é de, em média, US$ 555 mil. Entre os entrevistados, 82% acreditam que o backup em nuvem é um critério de decisão importante para a segurança dos dados.

Para que riscos e prejuízos como esses sejam evitados é essencial que o setor de TI estruture e compartilhe com gestores e colaboradores um plano de contingência eficiente. Só assim será possível que todos estejam cientes dos processos de recuperação de dados em caso de desastres ou acidentes.

Estruturando um plano de contingência para backup em nuvem

Como forma de gerenciar riscos, o backup em nuvem, precisa: ser claro, ter direcionamento eficiente para acesso às informações e dados em cloud, assim como orientações eficientes para o possível contato com a empresa provedora do serviço de armazenamento.

O tipo de cópia de segurança realizada, o volume, assim como as características devem ser adequadas à estrutura e ao perfil de cada companhia.

O que deve ser levado em consideração?

  • disponibilidade da internet;
  • frequência e horário dos backups;
  • ferramentas a serem utilizadas;
  • utilização de máquinas temporárias no processo de recuperação;
  • prazo para recuperação de dados.

São esses pontos do plano de contingência que vão garantir a continuidade do funcionamento da empresa caso ocorra um desastre ou um evento que promova a perda de dados e informações.

Também é assim que os colaboradores poderão se preparar da melhor maneira para gerenciais possíveis impactos de uma pausa no trabalho, sem drásticas perdas de resultados e produtividade.

Mas afinal, como isso deve ser feito na prática? Confira a seguir como funciona o backup em nuvem.

Passo a passo: como fazer um backup em nuvem?

Proteger os dados em nuvem é um processo simples, que requer 3 passos para a sua implementação e manutenção. Veja a seguir.

  1. Mapeamento do espaço necessário

O setor de TI deve avaliar qual o volume de dados utilizados pela empresa, assim como qual será a necessidade de espaço disponível na nuvem para que os backups sejam realizados. O mapeamento adequado ajuda a garantir que não ocorram interrupções no backup ao exceder a quantidade contratada, assim como permite a avaliação de qual será o custo da solução.

  1. Escolha da solução de backup

Avalie as possibilidades de backup em nuvem oferecidas pela empresa, os tipos de plano e como proceder para escalar a solução, caso necessário. Veja como será feita a recuperação, em caso de perdas, e qual o tipo de plano — contratação mensal, semestral ou anual etc.

  1. Automatização do backup

Estabeleça qual será a rotina na qual os dados a serem protegidos serão backupeados, qual a frequência e horário mais adequado dentro da rotina da empresa. Nesse momento, organizações que oferecem plataformas intuitivas e simplificadas saem na frente, pois permitem o melhor gerenciamento da rotina de backup em nuvem.

A contratação de uma empresa altamente qualificada e com níveis de segurança garantidos é um ponto essencial do plano de contingência e na realização de um backup em nuvem eficiente.

Suporte constante (24 horas, 7 dias por semana) além de atendimento simplificado, com atendentes que falam português, são outros diferenciais a serem avaliados antes da contratação.

Sua empresa já utiliza o backup em nuvem como forma de garantir a segurança de dados? Confira aqui como a Locaweb Corp pode te ajudar na jornada para a nuvem.