O que é nuvem múltipla e por que utilizá-la em minha empresa?

em Tendências.

As soluções de cloud computing já fazem parte do dia a dia de vários negócios. As ferramentas baseadas nessa tecnologia atendem à necessidade crescente de diferentes negócios, que desejam ter mais flexibilidade, apresentar maior capacidade de suprir com agilidade as demandas de clientes e possuir uma infraestrutura de TI com alta disponibilidade.

Em alguns casos, a companhia pode necessitar de um investimento mais abrangente, que utilize diferentes aplicações de cloud computing para atingir os seus objetivos de médio e longo prazo. Esse cenário é conhecido como nuvem múltipla e tem se apresentado como uma das principais tendências em TI. Confira abaixo tudo sobre ela!

Princípios da nuvem múltipla

Também chamada de multicloud, a nuvem múltipla é uma estratégia fundamentada na implementação de várias ferramentas de computação na nuvem. Em outras palavras, em vez de adotar apenas serviços na nuvem pública, por exemplo, a empresa criará um plano de investimentos baseado na aquisição de ferramentas de cloud computing de diferentes fornecedores e que tenham como pilar tanto a nuvem pública quanto a privada ou híbrida.

Além da maior flexibilidade, essa abordagem tem como objetivo a redução dos riscos de a companhia enfrentar a indisponibilidade de algum serviço. Disseminadas por várias plataformas na nuvem, as suas operações atingirão mais disponibilidade, uma vez que o gestor de TI poderá migrar aplicações entre diferentes infraestruturas caso algo de errado ocorra.

Como a nuvem múltipla se diferencia da nuvem híbrida

Mesmo profissionais de TI mais experientes podem confundir o conceito de nuvem múltipla com o de cloud computing em ambientes híbridos. Apesar de parecerem semelhantes à primeira vista, tais soluções possuem grandes diferenças entre si.

nuvem híbrida é resultado da integração da nuvem pública a uma infraestrutura de cloud computing privado. Essa é uma solução vertical, vista por especialistas como mais adequada a cargas de trabalho dinâmicas e que necessitam de alta escalabilidade.

O seu uso é feito principalmente por empreendimentos que necessitam manter os seus dados críticos em uma infraestrutura interna, mas que também querem contar com os benefícios do cloud computing em ambientes públicos. Com a nuvem híbrida, o objetivo é maximizar a capacidade de a empresa utilizar, de forma inteligente, recursos internos e externos, flexibilizando as estratégias de TI e reduzindo custos operacionais.

Já a nuvem múltipla é uma abordagem de investimentos em TI que engloba diferentes provedores de serviços de cloud computing. Ela pode utilizar a nuvem híbrida, caso seja necessário, ou contar apenas com uma infraestrutura de cloud computing privado, por exemplo. Aqui, o objetivo principal é tornar as soluções de TI mais integradas, disponíveis e flexíveis.

A nuvem múltipla geralmente é utilizada por negócios que lidam com um conjunto de aplicações diversificado. É possível, por exemplo, investir em uma solução que garanta mais segurança para lidar com dados de alto valor e um serviço com mais escalabilidade para aplicações com muita demanda.

Isso permite que a infraestrutura de cloud computing atenda a todas as necessidades do negócio. Os desafios impostos por alguma solução de TI serão contornados com maior facilidade. Assim, a empresa poderá reduzir custos, ter uma performance elevada e atender a um número maior de demandas de clientes e parceiros comerciais.

Principais vantagens do uso da nuvem múltipla no ambiente corporativo

O investimento na nuvem múltipla pode trazer diferentes benefícios para o negócio. Essa estratégia maximiza o retorno obtido com os investimentos em TI, além de dar mais capacidade para o empreendimento atender a demandas externas. Nesse sentido, podemos destacar algumas das principais vantagens do investimento na nuvem múltipla. Veja abaixo.

Maior disponibilidade operacional

A nuvem múltipla dá ao negócio a capacidade de atingir um alto nível de disponibilidade. Os serviços de TI da empresa estarão distribuídos entre diferentes provedores.

Como consequência, se ocorrer falha em alguma das aplicações, a companhia conseguirá se manter operacional com facilidade. Essa é uma grande vantagem competitiva para o negócio, uma vez que o tempo necessário para atender a demandas de clientes e parceiros comerciais será drasticamente reduzido.

Acesso rápido a novidades

Por não dependerem apenas de um prestador de serviços, negócios que utilizam a nuvem múltipla conseguem acessar novas tecnologias mais rápido do que os seus concorrentes. Assim que um novo recurso de cloud computing chegar ao mercado, a empresa que tem uma infraestrutura de TI baseada nessa estratégia terá a certeza de que ele será disponibilizado para ela rapidamente.

Esse fator também livra a empresa de ficar travada em uma única tecnologia, impedindo a modernização da infraestrutura de TI. Como consequência, as rotinas internas sempre estarão integradas a soluções modernas e inovadoras.

Otimização do plano de recuperação de desastres

plano de recuperação de desastres terá mais estratégias para solucionar eventuais problemas. Sempre que uma falha o ocorrer, o negócio terá um número maior de opções para manter as suas soluções internas funcionando. Assim, interrupções de serviços causarão um impacto menor na rotina do empreendimento.

Ganho de autonomia

A nuvem múltipla também é uma estratégia ideal para quem busca mais autonomia operacional. Por não depender de um único prestador de serviços, a empresa consegue negociar um SLA mais atraente e ter ferramentas com um elevado custo-benefício. Além disso, os serviços utilizados estarão mais adaptados às necessidades internas.

Diversificação da infraestrutura de TI

Utilizando múltiplos prestadores de serviços, a nuvem múltipla amplia a capacidade do empreendimento de abraçar novas soluções de TI e ter ferramentas diversificadas. Isso vai impactar diretamente nas atividades de todos os setores do negócio.

Se duas áreas necessitarem de funções que estão disponíveis em aplicações diferentes, a empresa não terá dificuldades para dar aos seus profissionais o que eles precisam. Como consequência, a performance de cada setor será maximizada por meio de processos inovadores, de baixo índice de erros e mais adaptados aos objetivos do empreendimento.

Gostou do post sobre nuvem múltipla e quer ficar por dentro das novidades do blog? Então curta a página da Locaweb no Facebook para receber em primeira mão as nossas dicas de tecnologia e cloud computing!

 

Quer saber mais sobre as soluções da Locaweb Corp? Acesse nosso site!.