O impacto da TI em uma gestão realmente estratégica

em Tendências.

Se você já teve a oportunidade de trabalhar no setor de Tecnologia da Informação ou próximo a ele, deve ter notado o velho estigma da área de TI como apenas uma “oficina de computadores dentro da empresa”, ou seja, um setor operacional sem grande valor na gestão estratégica. Infelizmente, muitos ainda enxergam seus profissionais dessa forma.

Porém, com as grandes mudanças no setor e no cenário geral do mercado, esse paradigma já está caindo por terra. Cada vez mais a tecnologia da informação é um fator-chave para aumentar a competitividade da empresa, mesmo que este não seja seu core business. Entender tal mudança é fundamental para melhorar o desempenho do produto no mercado e elevar a qualidade da sua gestão estratégica.

Claro, falar é a parte fácil. Muitas empresas, pela falta de experiência ou de conhecimento na área, não sabem como tirar esse conceito do papel e colocá-lo em prática. Mesmo que se comprometam com a expansão do negócio, ainda precisam dedicar boa parte de seu orçamento apenas à manutenção de tarefas operacionais de TI. E uma atuação estratégica eficiente é o primeiro passo para mudar esse quadro.

No post de hoje, vamos entender melhor como as atividades de TI se transformam em estratégia para que todas as ações contribuam com as melhorias da sua empresa como um todo. Acompanhe!

Aumento na eficiência de várias tarefas

Em muitos aspectos, a tecnologia é uma ferramenta de automação. Mesmo como parte de uma gestão estratégica, o setor de TI ainda é responsável por agilizar tarefas operacionais que levariam muito mais tempo nas mãos de um ser humano. Em parte, é isso que lhe confere seu antigo estigma.

Mas se engana quem acredita que isso seja um problema em si. Agilização e automação de processos são tarefas necessárias e muito importantes para o melhor funcionamento da empresa. A questão é como essa necessidade é abordada tanto pelos profissionais de TI quanto pelos gestores da companhia e dos demais setores.

É possível promover uma gestão estratégica mesmo com tarefas secundárias ao core business da organização. De fato, negócios bem-sucedidos não fazem distinção ou juízo de valor entre um e outro. Um controle mais eficiente dos servidores e sistemas de gestão, por exemplo, facilita a atuação do setor de vendas e de marketing.

Grandes mudanças da era digital

Um dos fatores que mais contribuíram para o destaque da tecnologia da informação como setor estratégico da empresa foi a chegada da era digital. A capacidade de comunicação em tempo real com qualquer pessoa do mundo mudou completamente a forma como cada marca se relaciona com o seu público. Muitos empresários viram essas transformações se aproximando e se anteciparam.

A ideia de gestão estratégica na área de TI ganha muito mais força quando se percebe a quantidade de informações que precisam ser administradas. É possível extrair dados sobre perfis geográficos, preferência dos consumidores, opiniões sobre sua empresa, entre muitos outros, por meio da tecnologia digital. A análise de dados, por exemplo, pode ser automatizada para agilizar o trabalho de outros setores.

Como mencionamos, a forma como marca e público interagem também mudou bastante com esses novos recursos. Receber passivamente as informações sobre o produto não é mais suficiente para os compradores: eles precisam interagir diretamente com a empresa. E uma gestão estratégica de TI pode gerar ótimos recursos para promover essa interatividade.

Profissionais do setor de Tecnologia da Informação geralmente possuem melhor capacidade para criar ferramentas e portais de comunicação com a empresa. Coordenar esse canal exige um esforço conjunto de vários setores, todos dependentes da atuação operacional e estratégica de TI.

Suporte para os demais setores

Você já deve ter notado o quanto o trabalho da área de tecnologia da informação afeta a produtividade nos outros setores da empresa. O departamento de vendas precisa de ferramentas de contato. O marketing necessita dos dados coletados pelos portais de comunicação da empresa. A alta gestão demanda um sistema integrado, que organize todos os dados das outras camadas da empresa.

A gestão estratégica desses elementos afeta diretamente o resto dos setores e a forma como eles trabalham, o que influencia a qualidade do serviço final. Por exemplo, um gestor de TI que busque melhorar a qualidade do seu trabalho pode concluir que o software de gestão da empresa precisa ser atualizado, ou que o negócio precisa de um servidor físico próprio para melhorar a produtividade interna. A partir de sua posição, eles podem controlar os recursos disponíveis com muito mais facilidade.

Alinhamento na gestão estratégica é a chave

O grande alicerce para tornar o setor de TI uma área estratégica dentro da empresa é o seu alinhamento com os demais setores e dentro de sua própria equipe. Alguns negócios ainda seguem um modelo mais isolado de condução de trabalho, em que cada área administra seus recursos separadamente. Partindo de certa lógica, isso promove mais autonomia para cada setor, mas também impede sua coordenação adequada.

Porém, isso não é uma opção viável para alguém que busque uma gestão estratégica de TI. É absolutamente necessário que as partes se comuniquem para que o gestor entenda o que precisa ser aprimorado e como ele pode poupar custos desnecessários. No fim das contas, a troca e a coordenação entre as áreas da empresa apenas aumentam a autonomia de todos.

Valor e inovação para o serviço

Por fim, é sempre bom lembrar como os recursos da tecnologia podem agregar valor extra ao produto ou ao serviço da empresa. Com um sistema bem desenvolvido, é possível oferecer opções personalizadas para seus clientes, reduzir o tempo de espera, eliminar a necessidade de papéis impressos e facilitar a resolução de dúvidas.

Inovação é um dos pontos centrais da melhor gestão estratégica de TI. Muitas startups, cujo core business é a tecnologia, ganharam o mercado ao oferecer algum serviço novo, que supria uma necessidade diferente. Você também pode promover esse tipo de inovação tecnológica na sua empresa. Basta identificar alguma demanda que ainda não seja atendida e focar sua atenção nela. E com os recursos da área de TI, encontrar isso não deve ser problema.

Quer saber mais sobre as soluções da Locaweb Corp? Acesse nosso site!.