Metodologia Scrum: o que é e como implementar em TI?

em Tendências.

Os projetos de tecnologia digital estão entre os mais complexos que existem. Coordenar todas as tarefas e entregar o resultado dentro do prazo é cada vez mais complicado. Para lidar melhor com essas particularidades, muitos utilizam a metodologia Scrum como solução.

O que é um Scrum?

É uma metodologia de projeto ágil, voltada para o desenvolvimento de softwares e outros projetos de tecnologia. O objetivo é tornar mais eficiente e rápido o complexo desenvolvimento de produtos digitais. Para isso, o planejamento é divido em ciclos menores chamados Sprints, dos quais falaremos daqui a pouco.

Quais são seus benéficos?

1. Maior entrega de valor pelo tempo

Uma particularidade de todo projeto de software é o corte de elementos. É quase impossível entregar todas as funcionalidades previstas dentro do tempo estimado. Com a metodologia Scrum, o objetivo é que cada ciclo (Sprint) gere um produto “completo”, que seja passível de uso/venda, mesmo que em condições mínimas.

A cada novo ciclo, ele deve receber mais funcionalidades e componentes, o que aumentará seu valor final. Mas desde o primeiro ciclo deve haver alguma utilidade no produto gerado.

2. Ajustes regulares no projeto

Cada Sprint também tem o objetivo de ajustar o projeto para que ele fique o mais adequado possível à sua realidade. Um planejamento inicial, com prazos e componentes, tende a desviar em 60% a mais ou a menos de tempo. Se um projeto tem previsão de conclusão para dali a 100 dias, por exemplo, ele deve estar concluído entre 40 e 160 dias.

A metodologia Scrum prevê esses desvios de tempo, prioridade e demanda, tornando o reajuste desses componentes um hábito em vez de uma ação emergencial. Isso facilitará a entrega de valor, assim como a elaboração de projetos de médio e longo prazo.

3. Mais sintonia entre os envolvidos

Outro pré-requisito para o sucesso do Scrum é a facilidade de comunicação entre todos os envolvidos no desenvolvimento. Muitas organizações adotam o método de “jogar por cima do muro”, passando um projeto com um elemento já concluído para o próximo estágio sem que haja uma troca de informações ou diálogo entre os profissionais.

Frequentemente, esse modelo leva a várias perdas devido a pequenos desentendimentos com relação a certos componentes ou ao próprio objetivo do projeto. Fazer reuniões regulares e promover uma comunicação ativa entre os envolvidos é uma solução para evitar tais erros. Da mesma forma, toda a produção pode ser acessada por todos os profissionais, partilhando o progresso, assim como os desafios.

Como implementar a metodologia Scrum?

Agora que você tem uma noção melhor do que é o Scrum, é hora de ver como pode introduzi-lo no seu setor de TI. A tarefa não é tão simples, mas valerá o tempo investido. Veja aqui alguns passos que você pode seguir:

1. Introduza-o aos poucos

Mudanças bruscas na forma como uma equipe trabalha tendem a prejudicar muito o desempenho geral. As consequências disso vão desde o prejuízo da sua empresa até uma aversão à implantação dessa nova metodologia. O ideal é começar em menor escala, verificando quais particularidades você deve atender na sua equipe.

Inicie tudo com um subsetor da sua área, uma equipe mais seleta. Adote projetos pequenos e depois aplique a metodologia Scrum a equipes e objetivos maiores. Isso dará tempo aos colaboradores para se acostumarem, além de te dar mais experiência para aplicar esse método.

2. Nomeie um Product Owner

Abreviado como P.O., esse é um dos principais responsáveis por todo projeto Scrum. Sem ele, não há projeto. Por definição, ele é o responsável por determinar o objetivo, a forma final do produto. Ele avalia as demandas dos futuros usuários do sistema e como elas podem ser mais bem atendidas.

Em seguida, ele comunica essa visão à equipe e atua em conjunto com todos para que ela fique o mais nítida possível. Não se trata de um “chefe”, mas sim de um colaborador que serve aos demais, garantindo que todos sejam bem-sucedidos.

3. Escolha um Scrum Master

Se o P.O. é o responsável pela visão de futuro na metodologia Scrum, o Scrum Master é quem coordena a equipe a fim de realizar essa visão. O trabalho dele é orientar todos os profissionais para que consigam atuar em harmonia e superar obstáculos. Ele deve ter uma visão ampla sobre o projeto e ser capaz de transmiti-la aos demais.

O Scrum Master também tem o dever de intervir quando algo estiver atrapalhando a equipe e prejudicando seu desempenho. Problemas com horário, prazos, recursos, entre outras coisas, devem ser observados, analisados e, se necessário, modificados.

4. Crie um backlog

Pense nesse quadro como uma grande to do list do seu projeto. Ela serve para mapear todas as tarefas que ainda não foram cumpridas, controlar quais estão em desenvolvimento e quais já foram concluídas. Também é muito útil para avaliar a prioridade que determinados elementos têm ao longo do desenvolvimento. Como já mencionamos, é quase impossível entregar tudo, então é melhor saber o que é mais importante.

Esse backlog deve ser atualizado com regularidade. Novas demandas podem surgir, algumas tarefas podem precisar de reavaliação etc. Mais uma vez, a metodologia Scrum prevê esses desvios do planejamento e estimula que toda a equipe saiba lidar com eles.

5. Faça reuniões Sprint regulares

Como explicamos no início, um Sprint é um ciclo do projeto, um período determinado em que a equipe passa trabalhando no seu desenvolvimento. Ao final de cada ciclo, os membros devem se reunir, atualizando uns aos outros sobre tarefas concluídas, dificuldades, observações, críticas, sugestões etc. Ao final, o próximo Sprint deve estar planejado.

Essas reuniões devem ser feitas sempre ao final de cada ciclo, pois são o ponto-chave para a reavaliação e adaptação do projeto. Reuniões diárias ou excepcionais podem ser convocadas, mas as principais questões devem sempre ser levantadas durante o planejamento de Sprint. E antes de dar o plano como elaborado, revise e peça opiniões. Uma pequena observação pode poupar semanas de trabalho refeito.

Agora que você entende mais sobre a metodologia Scrum, pode utilizá-la para melhorar o desempenho do seu setor de TI. Para receber todas as nossas dicas, siga-nos no FacebookLinkedIn e no YouTube!