Confira 4 vantagens do uso de um ERP na nuvem

em Tendências.

Uma das maiores tendências de mercado é o uso do ERP na nuvem, e é sobre isso que vamos falar neste post. No entanto, antes é necessário entender melhor o que é esse sistema.

O ERP, como já deve saber, é uma ferramenta de grande valor para a gestão de processos. A sigla vem do inglês e significa Enterprise Resource Planning. Trata-se de um software que integra as informações de uma companhia de maneira a dar mais agilidade e eficiência aos t, como vendas, produção, logística, recursos humanos, contabilidade e assim por diante.

É possível manter esse sistema rodando em servidores da própria empresa (ERP local) ou em servidores externos, remotos (ERP na nuvem). Ao longo do texto, vamos detalhar melhor as vantagens da implementação desse tipo de ferramenta nas organizações e mostrar alguns dos benefícios de manter um ERP na nuvem. Está pronto para começar?

Como implementar um sistema ERP em uma empresa?

Hoje em dia existem diversas soluções em sistemas de ERP. Sua implementação é um trabalho que pode levar meses para ser concluído, pois é muito importante que ele capture cada detalhe do funcionamento de uma companhia para operar de maneira eficiente.

As diversas fases de implementação do ERP em uma empresa geralmente abrangem os seguintes tópicos:

  • avaliação do custo-benefício da implementação desse sistema;
  • escolha do fornecedor do software;
  • mapeamento das fases de implementação do sistema;
  • levantamento dos dados necessários para a implementação do programa;
  • automatização da coleta e da análise de dados a partir do momento da implementação;
  • escolha dos locais de armazenamento desses dados e dos usuários que poderão ter acesso a eles;
  • definição das rotinas de manutenção do sistema e das equipes responsáveis por sua atualização;
  • definição das equipes responsáveis pelo monitoramento e avaliação das informações geradas a partir da implementação do sistema.

Cada empresa tem suas particularidades em relação a seu estágio de desenvolvimento no mercado. Mas o que é comum a todo tipo de negócio é a necessidade de uma visão macro e integrada do trabalho desenvolvido pela companhia e para onde ela está caminhando.

Atualmente, um sistema ERP é a solução mais sofisticada para fazer essa leitura e pode ajudar, inclusive, a fazer projeções sobre o futuro da companhia. No entanto, muitas empresas que adotam essa solução não compreendem bem ou não conseguem aproveitar de forma adequada todos os benefícios que a ferramenta oferece, não conseguindo explorar o seu real potencial.

Para evitar esse tipo de questão, o ideal é que essa solução seja bem estudada antes de sua implementação e que a decisão por sua adoção seja compreendida como estratégica para o longo prazo.

Outro ponto que merece atenção é a informação gerada por um sistema ERP. Isso abrange desde o acompanhamento periódico dos dados (que vão refletir o que acontece em cada área da empresa) até o cuidado com a segurança da informação (o armazenamento de dados da sua companhia e os níveis de acesso a essas informações).

É por isso que, a partir de agora, vamos falar das diferenças entre rodar um ERP local e um ERP na nuvem.

Uso do ERP local e do ERP na nuvem: qual é a diferença?

Armazenar informação de maneira segura é uma das principais preocupações das empresas, principalmente as que lidam com transações envolvendo dados sensíveis de clientes e fornecedores.

Quando uma empresa passa a olhar mais de perto para esses bancos de dados, geralmente é despertada a preocupação pelos locais de armazenamento das informações. A partir da implementação de um sistema ERP, é possível escolher entre dois modelos de armazenamento: local e na nuvem.

O ERP local é mais trabalhoso, pois geralmente envolve modificações na infraestrutura de TI da empresa para lidar com essas informações. O remanejamento ou mesmo a contratação de pessoal especializado acaba se tornando uma necessidade maior para lidar com as demandas geradas pela internalização desse processo.

Já um sistema de ERP na nuvem aproveita as principais vantagens da computação em nuvem (cloud computing) para oferecer uma experiência mais ágil para as empresas. É uma solução bastante atraente, principalmente para negócios menores.

Seja qual for a solução adotada, a implementação envolve três camadas:

  • aplicação: etapa em que o software é alimentado com os dados da empresa, e os processos de automatização de coleta de informação são definidos;
  • banco de dados: fase em que a organização define quais dados armazenar, em quais locais e quem terá permissão para acessá-los;
  • framework: aqui acontece a customização dos serviços desse sistema. Cada empresa pode destacar os processos que deseja mapear de acordo suas principais métricas (vendas, faturamento, controle de estoque e assim por diante).

Quais são as vantagens do ERP na nuvem?

Se uma empresa não consegue dar conta dos custos de ter pessoal dedicado à implementação e à manutenção de um sistema ERP — ou se esse simplesmente não for o seu core business —, ela pode optar por um sistema de ERP na nuvem.

Existem no mercado soluções que se adaptam às necessidades de cada empresa e de cada negócio. Veja a seguir as principais vantagens desse modelo.

  1. Disponibilidade

Um sistema de ERP na nuvem geralmente leva menos tempo para ser implementado quando comparado à construção de uma infraestrutura para armazenamento e controle local. Além disso, os dados da sua empresa poderão ser acessados de qualquer dispositivo, a qualquer momento.

  1. Redução de custos

Ter um sistema de ERP local, como já mencionamos, acarreta custos de infraestrutura, manutenção e pessoal dedicado, ao passo que um sistema de ERP na nuvem poupa tempo na fase de implementação e elimina uma boa parte do trabalho de manutenção do sistema.

  1. Segurança

O sistema de ERP na nuvem é protegido por logins e senhas. Além disso, as informações podem ser estrategicamente distribuídas em servidores diferentes, de modo a dificultar invasões, vazamentos e ataques cibernéticos.

  1. Possibilidade de testar o modelo a preços mais baixos

Caso sua empresa esteja em busca de fornecedores para o ERP na nuvem, é possível negociar alguns testes de implementação, que podem reduzir os custos de uma iniciativa cujo resultado talvez não saia conforme o esperado. A partir desses testes, é possível tomar uma decisão mais fundamentada sobre a efetividade dessa solução para a companhia e o melhor modelo a ser adotado.

 

Quer saber mais sobre as soluções da Locaweb Corp? Acesse nosso site!