7 motivos para optar pela terceirização da TI em sua empresa

em Tendências.

Os últimos anos foram marcados pela flexibilização de várias rotinas e serviços, e, entre eles, surgiu com força a terceirização da TI. Graças às novas tecnologias, como o cloud computing e a Internet das Coisas, empresas foram capazes de:

  • Aumentar a sua mobilidade;
  • Criar serviços mais inovadores;
  • Reduzir os seus custos.

Em um cenário de crise, esses fatores são estratégicos e, em muitos casos, podem definir o sucesso de um negócio.

O surgimento e fortalecimento da terceirização da TI tem como alicerce a flexibilização para as políticas de TI. Também chamado de outsourcing, esse modelo operacional já faz parte do dia a dia de vários empreendimentos, que utilizam esse recurso para eliminar gargalos operacionais e tornar a administração da empresa mais eficaz.

Quer saber mais? Então veja no nosso texto de hoje quais os motivos para adotar a terceirização no seu empreendimento!

1. Redução de custos

eliminação de gastos é uma preocupação constante de qualquer empresa. Possuir um orçamento enxuto auxilia gestores a definirem com mais segurança os seus investimentos, a criarem serviços competitivos e a terem um maior controle dos processos internos. Nesse sentido, o outsourcing de TI pode ser visto como uma forma de ampliar a capacidade de atuação do empreendimento e, ao mesmo tempo, reduzir gastos administrativos.

2. Acesso mais simples ao know how de especialistas

Empresas lidam com diferentes tecnologias em seus processos operacionais. São equipamentos feitos por marcas diferentes, que utilizam rotinas diversificadas para que profissionais consigam executar as suas atividades com alta performance. Diante desse cenário, possuir uma equipe de profissionais que seja capaz de trabalhar com várias ferramentas é indispensável.

Por meio do outsourcing em TI, a empresa consegue ter em seu ambiente e trabalho o auxílio de especialistas em vários seguimentos de TI. São profissionais capacitados e especialistas que buscam rotinas mais eficazes e com menores índices de erro. Dessa forma, a empresa poderá eliminar gargalos e otimizar continuamente a sua infraestrutura de TI.

3. Melhoria na gestão de processos internos

Rotinas de gestão possuem um impacto direto na forma como a empresa consegue atender às demandas de seu público-alvo. Diante disso, elas devem ser executadas com foco na excelência, empregando indicadores, emitindo relatórios e fazendo uso de outros métodos que auxiliem profissionais a terem uma alta produtividade.

4. Maior adoção de tecnologias e metodologias avançadas

A terceirização de TI envolve uma série de atividades. Entre elas, está a busca por serviços, ferramentas e rotinas que sejam mais adequados ao perfil do negócio. Tal trabalho terá como principal objetivo tornar a cadeia operacional da empresa mais eficiente, reduzindo erros e aumentando o nível de produtividade da empresa.

Para que o investimento no outsourcing tenha um alto impacto, a empresa contratada irá não só garantir o melhor funcionamento da infraestrutura de TI, mas também buscar formas de manter as políticas de gestão modernas e bem alinhadas com os objetivos do negócio. Isso poderá ser feito em duas frentes, são elas:

  • Melhorias na infraestrutura de TI, que busca investir em equipamentos mais poderosos e com maior escalabilidade;
  • Otimização dos processos de gestão, implementando rotinas que tornam o ambiente de trabalho mais integrado, com um índice de gargalos operacionais reduzido e erros menos frequentes.

O investimento em outsourcing de TI passará a ser um catalizador de um fluxo de melhorias que atingirá toda a cadeia operacional do negócio. Assim, a empresa será mais competitiva, aumentando a receita ou diminuindo os custos.

5. Aumento da flexibilidade operacional

Ter uma cadeia operacional flexível pode ser um fator decisivo na busca por novos mercados e parceiros comerciais. Um ambiente corporativo que possui essa característica consegue se adaptar melhor às mudanças do mercado, atender com mais agilidade aos pedidos de clientes e manter a sua cadeia de serviços altamente competitiva.

Nesse sentido, o outsourcing em TI pode ser definido como um processo que dá a empresa mais liberdade operacional para definir rotinas e distribuir os seus profissionais técnicos. Será possível definir estratégias mais ousadas e que busquem mercados mais amplos. A longo prazo, a empresa poderá modificar a sua infraestrutura com mais facilidade, uma vez que o número de problemas relacionados a troca de equipamentos, adaptação a ferramentas e migração de sistemas será menor.

6. Melhor direcionamento das rotinas

O investimento no outsourcing em TI terá um grande impacto na forma como gestores podem priorizar as rotinas em seu departamento. Projetos de grande impacto e rotinas críticas poderão ser executadas por equipes dedicadas e especialistas. Da mesma forma, atividades secundárias poderão ser distribuídas de tal forma que outras iniciativas não sejam impactadas.

7. Melhora de indicadores

Todos esses fatores apontados acima, juntos, terão um impacto direto nos indicadores da empresa. A melhoria de toda a cadeia operacional, assim como dos serviços e das rotinas de gestão da rede funcional, vai causar uma modificação profunda nas métricas de cada setor.

KPIs relacionados ao índice de produtividade, erros e vulnerabilidades terão resultados melhores, valorizando o trabalho dos profissionais da área e justificando o investimento na terceirização da TI. Uma das consequências será a melhora do acompanhamento da situação de cada área da empresa, uma vez que os indicadores passarão a ser fruto de uma comunicação mais precisa do estado real da empresa. Assim, a melhora dos serviços poderá ser obtida com maior facilidade.

Quer saber mais sobre as soluções da Locaweb Corp? Acesse nosso site!