7 benefícios gerados pela monitoração de ambientes na prática

em Tendências.

A essência da monitoração de ambientes é simples: garantir que equipamentos, recursos e serviços tecnológicos estejam sempre disponíveis e funcionando, de acordo com o nível esperado e necessário para manter o negócio em pleno vapor.

Se analisarmos a monitoração de servidores, por exemplo, encontramos o processo de revisar e analisar disponibilidade, desempenho, segurança e outros aspectos relacionados às operações que dependem dessas aplicações.

E é sobre isso que falaremos neste artigo. Continue lendo para entender por que é importante investir em uma estratégia de monitoração de ambientes de TI no seu negócio!

O que são ambientes de TI

Para início de conversa, é importante lembrar que uma empresa amparada em tecnologia conta com um grande ambiente de TI, o qual chamamos comumente de infraestrutura tecnológica.

Dentro deste grande ambiente global estão outros ambientes, que são assim designados para facilitar o gerenciamento e a manutenção. Assim, temos os servidores, os bancos de dados, entre outros.

Empresas que fazem um bom trabalho de monitoração — ou monitoramento — de ambientes são aquelas que se antecipam aos erros, estão sempre atentas às ameaças internas e externas, conseguem controlar seus custos etc.

Também é importante lembrar que a monitoração é, cada vez mais, uma estratégia vital para criar e modelar a abordagem geral de TI dentro dos negócios. É por meio dela que é possível, além de oferecer recursos e serviços aos usuários, adaptar o negócio à constante evolução tecnológica e também às necessidades que surgem dela.

7 benefícios práticos da monitoração de ambientes

Confira, a seguir, uma série de vantagens que uma boa estratégia de monitoramento de ambientes de TI pode trazer ao seu negócio.

  1. Rápida detecção de erros

Sem monitorar os sistemas, fica difícil detectar erros de maneira antecipada. Também é complicado prever em tempo hábil se estão ficando sem capacidade. Assim, sua empresa só descobre uma falha quando é tarde demais — ou seja, no momento em que acontece um problema que afeta a operação em alguma medida.

A análise proativa dos ambientes de TI eleva as chances de evitar grandes interrupções. Se estiver monitorando continuamente seus sistemas, é mais provável que detecte sinais de alerta e consiga intervir antes que o problema se agrave e afete o negócio.

Da mesma forma, monitorar as redes garante que quaisquer interrupções, como o congestionamento ou as ameaças de intrusão, sejam detectadas e resolvidas antes que impactem os usuários finais.

  1. Atuação proativa frente aos riscos

Vamos pensar nos riscos relacionados à segurança da informação: eles não param de crescer!

Para se ter uma ideia do tamanho do desafio, um estudo realizado pela LogRhythm detectou que menos de metade das organizações nos EUA, Reino Unido e região Ásia-Pacífico conseguiram detectar incidentes virtuais de segurança em 1 hora.

Nessa realidade, o Brasil é, segundo a Netscout Arbor, o 5º país com maior incidência de ataques de negação de serviços no mundo.

Se sua empresa apresenta uma boa estratégia de monitoração de ambientes, ela estará mais preparada para agir preventivamente na detecção e na mitigação de riscos. É importante ter em mente que, quanto mais antecipadas forem as ações, menores serão os prejuízos quando uma ameaça se concretizar.

  1. Facilidade de criação de planos de ação preventivos

Monitorar os ambientes de TI de maneira proativa e, de preferência, automatizada também torna o seu departamento de TI mais inteligente para criar planos de ação. A experiência trazida pelo acompanhamento das condições tecnológicas do negócio vai proporcionar uma atuação mais estratégica, menos ancorada na intuição.

Ao detectar padrões de indisponibilidade ou incidência de ataques de hackers, por exemplo, é possível montar um planejamento de rotinas de backups automáticos que permitam restabelecer a operação de TI mais rapidamente. Isso muda tudo, pois coloca a empresa como protagonista de seu próprio destino — ela passa a ser menos refém dos acontecimentos.

  1. Redução de custos

Para pensar em custos, você também deve lembrar do quanto sua empresa gasta com cada período de lentidão ou indisponibilidade de aplicações e serviços de TI.

Com uma boa estratégia de monitoração de ambientes, é possível reduzir a frequência de paradas na operação por conta de problemas técnicos, por exemplo. Isso evita prejuízos e também diminui a necessidade de contratar especialistas para resolverem problemas emergenciais.

  1. Investimentos mais acertados

Outra grande vantagem de monitorar proativamente os ambientes de TI é a inteligência adquirida para que os investimentos em tecnologia sejam mais certeiros.

Se você pensar que sua equipe vai conseguir se antecipar a tendências nos ambientes, verá que poderá adquirir ferramentas, equipamentos, recursos e serviços com mais precisão.

  1. Melhorias nos serviços entregues aos usuários internos e aos clientes

Com o monitoramento contínuo dos ambientes, sua empresa consegue fazer com que os serviços de TI estejam disponíveis 24 horas por dia, nos 7 dias da semana.

Isso eleva a qualidade do que é entregue aos usuários internos, mas também pode ajudar na satisfação dos clientes.

Por exemplo, ao se antecipar a uma ameaça de invasão de servidores, por exemplo, os profissionais de tecnologia conseguem evitar que o serviço de atendimento ao cliente fique desativado durante o final de semana.

Em outras palavras, com a monitoração, além de proporcionar ambientes ideais para a operação, você também consegue evitar ranhuras na reputação da empresa perante o mercado.

  1. Equipe de TI mais focada em resultados

Por fim, se você já entendeu que a equipe de tecnologia não é meramente um departamento voltado para prestar suporte, sabe que os profissionais só conseguirão ter uma atuação estratégica se tiverem tempo.

Como um especialista em análise de dados vai conseguir atuar com estratégia se ele é chamado o tempo todo para conter problemas de infraestrutura?

Pensando nisso, a monitoração de ambientes também cria condições para que o time de TI consiga se posicionar como gerador de inovação para o negócio — simplesmente pelo fato de liberar os profissionais de obrigações operacionais. Assim, eles conseguem se concentrar mais em serviços de inteligência.

E então, sua empresa já tem uma boa estratégia de monitoração de ambientes? Leia também nosso artigo sobre segurança da informação.