10 conceitos de TI imprescindíveis para todos os CIOs de empresa

em Tendências.

A tecnologia da informação é uma das áreas que mais rapidamente evoluem. A cada ano surgem novas ferramentas e práticas que tornam esse setor um dos mais importantes e estratégicos dentro de uma organização. Por isso, os CIOs precisam estar sempre atualizados sobre os principais conceitos de TI, a fim de garantir que sua empresa se mantenha competitiva no mercado.

Por isso, listamos neste post 10 conceitos de TI que todo CIO precisa saber!

1. Big Data

Big Data é um conjunto de dados de alto volume e de grande complexidade impossível de ser processado por sistemas convencionais. Essas características impõem desafios cada vez maiores aos profissionais do setor, sobretudo as dificuldades relacionadas à captura, análise, curadoria, pesquisa, compartilhamento, armazenamento, visualização e privacidade das informações.

Essa quantidade de informações é cada vez maior e está disponível de modo estruturado (em um formato reconhecido pelos sistemas de processamento, como CRMs e ERPs) ou não estruturado (vídeo, áudio e imagem, por exemplo).

2. Cloud Computing

Também chamada de computação em nuvem, refere-se ao uso da capacidade de armazenamento e processamento de servidores compartilhados e conectados à internet. Dessa forma, os dados podem ser disponibilizados em data centers espalhados pelo mundo e acessados por qualquer dispositivo conectado à rede.

A nuvem pode ser classificada em três tipos, conforme o modo como os dados são alocados:

  • nuvem pública: os dados são hospedados em um fornecedor que usa um mesmo host físico para alocar diversos clientes, isolados via software;
  • nuvem cloud: os dados são hospedados dentro de uma infraestrutura criada e gerenciada pela própria empresa, garantindo maior segurança e menor latência;
  • nuvem híbrida: os dados são armazenados de ambos os modos (remoto em nuvem pública e local em nuvem privada), gerenciados conforme a demanda da empresa.

O cloud computing é hoje disponibilizado em três modelos de serviços:

  • Software As a Service (SaaS): aplicações ou softwares são contratados em forma de serviços, e o usuário acessa o recurso via internet, contando com a infraestrutura provida pelos servidores do fornecedor;
  • Infrastructure As a Service (IaaS): entrega de recursos computacionais, como capacidade de armazenamento e de rede e servidores por meio de uma assinatura;
  • Plataform As a Service (PaaS): fornecimento de plataformas de desenvolvimento de softwares, com diversos ambientes configuráveis, em forma de serviço.

3. Enterprise Resource Planning (ERP)

A sigla ERP (Planejamento dos Recursos da Empresa, em português) refere-se a um modelo de software usado para gerenciar todos os dados da empresa. Ele reúne diversas informações e processos corporativos em um único sistema. Assim, registros relativos a estoque, financeiro, administração de pessoal, faturamento, compras, entre outros, podem ser gerenciados a partir de uma só plataforma.

Por esse motivo, geralmente o ERP é modular, e cada módulo é responsável por uma área específica da empresa.

Os ERPs são normalmente divididos em 3 camadas:

  • apresentação ou interface: por onde o usuário interage com o sistema e tem acesso a formulários e menus;
  • processamento lógico: onde os dados inseridos pelo usuário são processados, integrando-se com os módulos do sistema. Trata-se, portanto, da ligação dos comandos com o banco de dados;
  • armazenagem ou banco de dados: onde as informações são salvas e ficam gravadas para um futuro acesso.

4. Sistemas de Informação (SI)

Ao passo que a TI (Tecnologia de informação) fica a cargo das tarefas mais técnicas, a SI se responsabiliza pelo fluxo do trabalho, pelas pessoas e pelo gerenciamento das informações.

Temos aqui então um sistema organizado de diversos elementos, o que inclui, equipamentos, hardware, software, pessoas, dados e processos. Assim, pega-se a tecnologia e a aplica-se aos objetivos organizacionais.

5. Metodologias de gerenciamento de projetos

As metodologias de projetos são modelos de gestão adotados pelas empresas com o objetivo de sistematizar seus objetivos e suas estratégias a fim de realizá-las com eficiência. Dessa forma, os projetos são planejados, executados e monitorados com base em um padrão predefinido, buscando os melhores resultados.

Esse tipo de recurso de gestão é tão importante que existem instituições que determinam normas para o seu correto gerenciamento, entre elas o PMI (Project Management Institute).

Há diversas metodologias de projetos que contam com características específicas e diferentes níveis de gerenciamento, tal como o padrão PMBOK (Project Management Body of Knowledge), elaborado pelo próprio PMI. Esse é um dos principais guias de melhores práticas quando o assunto é gerenciamento de projetos.

6. Data Center

Data center refere-se a uma estrutura composta por diversos componentes de hardware para o processamento e o armazenamento de dados, além de sistemas de rede. Esse ambiente é projeto com o objetivo de prover serviços computacionais, como cloud e hospedagem de sites.

Dependendo do seu porte e de suas necessidades, uma empresa pode ter diversos servidores, além de componentes auxiliares, como switches e storages.

7. IoT (Internet of Things, ou Internet das Coisas)

A Internet das Coisas é uso das redes sem fio para interconectar diversos itens que usamos no dia a dia, desde carros até geladeiras. Dessa forma, é possível alcançar um alto nível de automação e livre fluxo de informações entre os dispositivos.

8. Data mining

Dá-se o nome de data mining, ou mineração de dados, ao processo de análise e interpretação de um grande volume de dados. Nesse sistema, o objetivo é buscar padrões que levantem informações úteis sobre o público e, com isso, dar base às estratégias da empresa.

Um software de data mining usa registros de diversos repositórios dentro e fora da organização, como mercado, dados gerados pela internet e pesquisas científicas.

9. Business Intelligence (BI)

Business Intelligence reúne uma série de tecnologias, métodos, soluções e processos capazes de analisar os dados coletados, gerar e visualizar métricas e dar suporte à tomada de decisões.

Uma solução de BI tem a função de captar dados de diferentes fontes e sistemas da organização e armazena os registros em um banco de dados. A partir daí os profissionais conseguem visualizar todos os processos empresariais em uma única plataforma.

10. Customer Relationship Management (CRM)

O Customer Relationship Management, ou gestão de relacionamento com o público, em português, consiste em um conjunto de práticas, estratégias e tecnologias usadas pelas empresas para armazenar, processar e visualizar os dados dos seus clientes e gerenciar seu relacionamento com eles.

Com esses dados reunidos, as equipes ficam mais bem equipadas com conhecimentos ricos sobre cada cliente, como informações pessoais, preferências de compra e histórico. Esse material será fundamental para nortear o profissional em uma abordagem mais eficiente e satisfatória para o cliente.

Esses foram os principais conceitos de TI que todo CIO precisa ter bem claro em suas estratégias. Evidentemente, não queremos com esta lista esgotar todas as tecnologias e tendências que estão fomentando o setor. A área de TI é encantadora e sempre surgirão novos conceitos importantes que precisam ser bem compreendidos e aplicados.

Quer continuar informado sobre os conceitos de TI? Então, nos siga nas redes sociais e não perca nenhum conteúdo. Estamos no Facebook, no YouTube, no LinkedIn e no Instagram!