OpenStack: aprenda agora como funciona e quais as vantagens!

em Soluções.

A busca constante por agilidade, organização e segurança no mundo digital faz com que hoje, mais do que nunca, a computação em nuvem — ou cloud computing — seja um dos caminhos mais comumente tomados quando falamos de armazenamento. Nesse contexto, surgiu o OpenStack, uma plataforma de código aberto que possibilita a criação, a gestão e o controle de nuvens públicas e privadas.

Oferecendo infraestrutura como serviço (IaaS), o OpenStack pode ser moldado para atender às necessidades de cada aplicação, seja qual for o ramo em que sua empresa atua ou os objetivos específicos com a nuvem. Sendo assim, a plataforma mostra-se uma excelente opção para as organizações que buscam mais autonomia, segurança e eficácia em relação ao cloud computing.

Mas como exatamente funciona o OpenStack? E quais vantagens sua empresa e sua equipe podem conquistar por meio dessa plataforma? É o que vamos mostrar neste post. Então, continue a leitura e saiba tudo o que você precisa sobre essa tecnologia que veio para ficar e revolucionar!

O que é e como funciona o OpenStack?

A própria origem do OpenStack já impressiona — afinal, a plataforma nasceu de uma necessidade observada pela NASA.

Entre os anos de 2008 e 2009, a agência sentiu que precisava de mais agilidade para administrar seus vários hypervisors e para organizar toda a sua infraestrutura. Enquanto isso, a Rackspace Hosting buscava apresentar a seus clientes uma solução de armazenamento que pudesse se estabelecer como uma alternativa viável e benéfica em relação aos bancos de dados relacionais.

Então, as duas organizações decidiram se unir para, lado a lado, buscar as melhores soluções para seus dilemas. Foi a partir daí que, em 2010, foi anunciado o OpenStack — que, como mostramos brevemente na introdução, é uma plataforma para a construção e gerenciamento de nuvens. Além disso, consegue manter sob controle e organizar todos os diferentes componentes de uma estrutura digital como a nuvem.

Trata-se, portanto, de uma espécie de sistema operacional para a computação em nuvem, que possibilita a entrega de IaaS e proporciona o espaço ideal para que cada empresa possa desenvolver e colocar em prática suas próprias nuvens públicas ou privadas. A plataforma é formada por um conjunto de projetos com software aberto, que funciona de forma integrada e por meio de um consórcio que soma em torno de 600 companhias de tecnologia da informação em cerca de 180 países.

Quais são as vantagens da plataforma?

A seguir, veja tudo o que pode ser alcançado por meio do OpenStack!

Escaneabilidade

Você e sua equipe podem gerenciar os recursos e características do OpenStack sempre que for necessário, para que, assim, o desempenho seja aprimorado e otimizado em momentos de maior demanda, por exemplo.

E o melhor é que é possível programar a plataforma para que esse aprimoramento e otimização aconteçam de forma automatizada, ou seja, o OpenStack vai saber identificar situações que exijam isso de sua programação. Assim, de acordo com a demanda de cada momento, os atributos vão se adaptar, fazendo com que você tenha em mãos uma quantidade maior de recursos quando for necessário.

Flexibilidade

O OpenStack não é uma plataforma estática, mas sim uma tecnologia com arquitetura baseada em módulos. O que isso significa, na prática? Que você e os demais colaboradores responsáveis têm a liberdade de decidir como e o que vai ser utilizado de acordo com cada necessidade. Assim, não é preciso se preocupar com ferramentas e programas que, pelo menos por hora, são irrelevantes.

Acessibilidade

Você certamente já se deparou com diversas tecnologias incríveis que a sua empresa simplesmente não tinha verba para implementar, não é mesmo? Pois saiba que esse não é o caso do OpenStack.

Tudo começa pelo fato de que trata-se de uma plataforma de código aberto, ou seja, que tem a democratização da tecnologia como sua base. Então, é preciso fazer apenas um investimento baixo e ter alguns poucos colaboradores capacitados para contar com a tecnologia OpenStack no dia a dia da sua organização.

Mesmo sendo usado por megacorporações — Disney, IBM e Dell, para citar algumas —, o OpenStack permaneceu íntegro ao mundo que o criou e, ainda hoje, mostra-se uma excelente opção para empresas de todos os tamanhos e setores.

Colaboração

Um dos maiores benefícios da tecnologia de código aberto, como é o caso do OpenStack, é o alto nível de colaboração envolvido.

Há um grande time de pessoas focado no aperfeiçoamento e otimização da plataforma, o que permite que, mais ou menos a cada seis meses, uma nova versão do OpenStack seja lançada. Assim, ele é continuamente aprimorado para se adaptar aos atuais procedimentos de segurança digital, agilidade, eficiência etc.

Quais serviços o OpenStack oferece?

Conheça alguns dos principais módulos da plataforma que proporcionam suas diferentes funcionalidades.

Painel Horizon

Esse é o painel do usuário e do administrador. É aqui que você e os colaboradores autorizados criam, finalizam, reiniciam e gerenciam os serviços do OpenStack.

Nova

Dispositivo de bloqueio e plataforma de cálculo escalável. A Nova permite o fornecimento e a gestão de grandes quantidades de servidores e máquinas virtuais.

Swift

Módulo que implementa um sistema escalável e massivo de armazenamento de objetos, com redundância interna. Para tanto, o Swift utiliza servidores padrão com discos rígidos de mercadoria.

Snapshot

É aqui que você pode gerar templates a partir de uma instância ativa, além de subir novas instâncias.

Glance

O Glance é o módulo de serviço de imagem. Com ele, você pode criar um repositório para imagens de disco virtuais. Essas imagens, então, podem ser armazenadas no Swift e utilizadas na Nova.

Cinder

O módulo Cinder oferece armazenamento em bloco. Com isso, é possível organizar volumes para acesso imediato assim que eles forem necessários.

Quantum e Melange

Essas são redes virtuais seguras que implementam a conectividade de rede como serviço.

Load Balancer

Módulo responsável pelo balanceamento de carga. O objetivo é dividir e distribuir automaticamente o tráfego entre os diferentes servidores, para que não ocorra sobrecarga e para que cada um trabalhe com a máxima eficiência possível.

Auto Scaling

Permite que você escale dinamicamente suas instâncias e crie novos volumes. Além disso, é o módulo Auto Scaling que possibilita a ampliação do armazenamento da sua plataforma OpenStack.

Virtual Router

Com o Virtual Router é possível associar portas virtuais por meio da ligação de uma delas a uma placa de rede virtual.

Como vimos, a plataforma OpenStack oferece diversas possibilidades de uso, aprimoramento e otimização para se tornar exatamente o que você e sua empresa precisam. Dessa forma, é mais fácil e eficaz tirar proveito de todos os benefícios que essa tecnologia pode trazer para a sua gestão.

Gostou de conhecer melhor o OpenStack? Clique aqui e veja como a Locaweb Corp pode ajudar a aumentar sua produtividade!